A resposta está na digestão.

A digestão da formula libera de maneira rápida e em maior quantidade o acido graxo. O intestino do bebê prematuro não tem ainda formada uma camada de proteção, tipo um gel, e o acido graxo em quantidade acumulada acaba causando uma infecção. A digestão do leite humano não só libera mais devagar uma quantidade menor de acido graxo como ao mesmo tempo em que ocorre, ela também libera substancias que ajudam na digestão dele. Mesmo assim, não o leite humano não é garantia de total prevenção da ECN, então vale mesmo conhecer e ficar de olho nos sintomas.